17
agosto
2011
17:49

A Cia. de Teatro Rock completa 10 anos

A premiada Cia de Teatro Rock fundada em 2001 completa uma década e traz para o Centro Cultural São Paulo, a partir de 17 de agosto, o projeto “Abrindo a garagem – 10 anos de Cia de Teatro Rock”.

Encabeçada pelo autor Marcos Ferraz, roteirista do programa MOTHERN – GNT; e pelos diretores Marcos Okura – ganhador do prêmio PANANCO de Melhor Música Original com o infantil A Borboleta Sem Asas e Fezu Duarte, diretora do musical SALTIMBANCOS – a companhia conta com mais 30 atores e mais 15 profissionais da area técnica, como coreógrafos, cenógrafos, figurinistas, técnico de som, entre outros.

Ao longo dessa primeira década, a CIA reuniu diversos talentos que lhe renderam inúmeras apresentações, viagens, indicações e prêmios além de um público caloroso e fiel.

“Abrindo a garagem – 10 anos de Cia de Teatro Rock” traz para o Centro Cultural entre agosto e novembro espetáculos musicais, oficinas, uma apresentação teatral inédita, exposição fotográfica e um documentário.

As oficinas são gratuitas, abertas ao público e irá compartilhar com atores, estudantes e o público em geral a produção de um musical 100% brasileiro, desde a criação do texto, passando pela montagem do espetáculo e as diversas fases de produção. 

O espetáculo inédito ‘SE ESSA RUA FOSSE MINHA’ vem recheado de músicas de Chico Buarque, Caetano Veloso, Tom Zé, Mutantes, Gilberto Gil, Roberto Carlos e outros mestres do cancioneiro popular brasileiro. 

Já o documentário, que culmina neste projeto comemorativo, trará entrevistas dos integrantes, depoimentos e imagens de arquivo desses 10 anos mostrando o ponto alto da Cia: a comédia musical. 

Os espetáculos musicais estarão em cartaz nessa ordem: 

Q.A.P. 

Q.A.P, no código internacional de rádio, significa “ na escuta”, “ em estado de atenção”, “prontidão”. Q.A.P conta de forma não-linear a história de um “rapper” que foge da cadeia e suas aventuras pela cidade enquanto é perseguido por policiais. Com pouquíssimas falas o espetáculo é todo calcado na linguagem das HQs, com marcações cênicas precisas e a utilização do coro como recurso narrativo, além da interatividade com o vídeo. 

SERVIÇO:

17/8 a 28/8

Sala Paulo Emílio – Centro Cultural São Paulo

Rua Vergueiro 1000 – Paraíso

Capacidade: 100 lugares

Ingressos: R$ 20 (na bilheteria de 3ªf a Domingo das 10h às 22h ou pelo telefone 4003 -2050 ou pelo site ingressorapido)

Quarta a Sábado 21hs, Domingo às 20hs. 

A SESSÃO DA TARDE OU VOCÊ NÃO SOUBE ME AMAR 

A SESSAO DA TARDE OU VOCÊ NÃO SOUBE ME AMAR é uma comédia musical que conta a história de Eric, um garoto que, nos anos 80, conhece seu primeiro amor e sonha em fazer sucesso com sua banda de rock. O espetáculo é todo recheado de sucessos dos anos 80. Músicas de Lulu Santos, Blitz, Ultraje a Rigor, Roupa Nova, Leo Jaime, Rosana, entre outros. 

SERVIÇO:

31/08 a 09/09

Sala Paulo Emílio – Centro Cultural São Paulo

Rua Vergueiro 1000 – Paraíso

Capacidade: 100 lugares

Ingressos: R$ 20 (na bilheteria de 3ªf a Domingo das 10h às 22h ou pelo telefone 4003 -2050 ou pelo site ingressorapido)

Quarta a Sexta 21hs. 

LADO B – MUDARAM AS ESTAÇÕES 

LADO B – MUDARAM AS ESTAÇÕES é uma comédia musical que conta a história de uma banda que está prestes a fazer sucesso e o que este fato implica nas relações de seus integrantes com suas famílias, seus amores e seus fãs. Sucessos da Legião Urbana, Cazuza, Michael Jackson, Ultraje a Rigor, Lobão, entre outros, fazem parte da trilha sonora do espetáculo. 

SERVIÇO:

03/09 a 11/09

Sala Paulo Emílio – Centro Cultural São Paulo

Rua Vergueiro 1000 – Paraíso

Capacidade: 100 lugares

Ingressos: R$ 20 (na bilheteria de 3ªf a Domingo das 10h às 22h ou pelo telefone 4003 -2050 ou pelo site ingressorapido)

Sábado 21hs e Domingo 20hs. 

NA CAMA COM TARANTINO 

Partindo da investigação do universo artístico do diretor cinematográfico norte-americano Quentin Tarantino, a peça conta a história de David, um pacato segurança de banco que leva uma vida normal, até conhecer Gabriela, uma “caliente” guatemalteca oportunista, por quem ele se apaixona. Juntos, eles pretendem dar o maior golpe de suas vidas: roubar a grande pedra do “Stealing Bank”. 

SERVIÇO:

14/09 a 25/09

Sala Jardel Filho – Centro Cultural São Paulo

Rua Vergueiro 1000 – Paraíso

Capacidade: 324 lugares

Ingressos: R$ 20 (na bilheteria de 3ªf a Domingo das 10h às 22h ou pelo telefone 4003 -2050 ou pelo site ingressorapido)

Quarta a Sábado 21hs, Domingo 20hs 

SE ESSA RUA FOSSE MINHA – O AMOR NOS ANOS DE CHUMBO- Espetáculo Inédito 

“Se Essa Rua Fosse Minha” conta a história de um garoto que estuda na Filosofia da Usp e de uma menina que estuda no Mackenzie. Tudo estaria em paz, se os dois não se apaixonassem , se o ano não fosse 1968 e se o conflito entre estudantes na rua Maria Antônia não tivesse acontecido. 

A peça é uma livre releitura de “ Romeu e Julieta”, onde o amor dos dois jovens é antagonizado pelas forças de direita e de esquerda que cada universidade representava naquela época. 

A peça também faz um paralelo com os anos 90, com o movimento dos “caras pintadas”, quando, depois de muito tempo os jovens voltavam às ruas para uma bela manifestação cívica. Os filhos da nossa protagonista estão numa destas passeatas e fazem-na lembrar dos seus tempos de juventude nos anos 60. 

SERVIÇO:

28/09 a 06/11

Sala Jardel Filho no Centro Cultural São Paulo

Capacidade: 324 lugares

Ingressos: R$ 20 (na bilheteria de 3ªf a Domingo das 10h às 22h ou pelo telefone 4003 -2050 ou pelo site ingressorapido)

Quarta a Sábado 21hs e aos Domingos, às 20hs. 

Todos os espetáculos participam da TEMPORADA POPULAR com ingressos a R$20,00.

PRÊMIOS E INDICAÇÕES da CIA DE TEATRO ROCK

Melhor Maquiagem 2002 – Prêmio S.J dos Campos

Melhor Direção 2002 – Prêmio S.J dos Campos

Melhor Produção 2002 – Prêmio Coca-Cola

Melhor Música 2002 – Prêmio Coca- Cola

Indicação – melhor autor 2006 – Prêmio Femsa

Indicação – melhor produção 2006 – Prêmio Femsa

Indicação – melhor trilha 2006 – Prêmio Femsa

Vencedor Categoria Especial 2006 – Prêmio Femsa

Indicação – melhor espetáculo 2007 – Prêmio Qualidade Brasil

Indicação – melhor direção 2007 – Prêmio Qualidade Brasil

Indicação – melhor atriz (Rosy Aragão) – Prêmio Qualidade Brasil

Melhor Musical Revelação 2007 – Prêmio Qualidade Brasil. 

A CIA DE TEATRO ROCK escolheu o Centro Cultural São Paulo para comemorar essa década de premiações e apresentações por ser hoje o espaço cultural mais conhecido da cidade já que por lá circulam mais de 2.000 pessoas diariamente. 

O Centro oferece, diariamente, ao público espetáculos de teatro,dança, música, mostra de artes visuais, projeções de cinema e vídeo, oficina, debates e cursos além de possuir um conjunto de bibliotecas. 

Participe da programação dos 10 anos da CIA de Teatro Rock no Centro Cultural São Paulo de agosto a novembro!

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Rota completa 40 anos trabalhando por São Paulo
  2. Canil Central da PM de São Paulo completa 60 anos
  3. Cavalaria completa 118 anos sem parar no tempo
  4. “A Exposição Click! O Rock Brasileiro- História em Imagens em sua última semana em SP”
  5. Rota completa 40 anos e festeja centenário do 1º Batalhão de Choque

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *