10
novembro
2010
14:10

Autopista Régis Bittencourt prepara operação especial para o feriado de 15 de novembro

Usuário contará com atendimento reforçado a partir do meio-dia da sexta-feira, 12/11
 

A Autopista Régis Bittencourt, concessionária do Grupo OHL Brasil que administra a BR-116 de São Paulo a Curitiba, espera um aumento de tráfego de 25% durante o feriado da Proclamação da República. Para atender aos usuários durante o período de 12 a 15 de novembro, a Concessionária preparou uma operação especial com guinchos e veículos operacionais extras, além de um plano especial de tráfego no trecho da Serra do Cafezal (região de Miracatu-SP), com liberação do acostamento para o tráfego de veículos e montagem de faixas reversíveis, em locais e horários pré-determinados, caso haja necessidade. 

Equipes da Autopista estarão dispostas em pontos estratégicos da rodovia, para agilizar o atendimento aos usuários, que começa ao meio-dia de sexta-feira, 12/11, e segue até a meia-noite de segunda, 15/11. Nessas datas, não haverá obras que possam causar retenções de tráfego. Confira os horários de maior movimento:
 

DIA HORÁRIO
12/11 (sexta-feira) 18h às 22h
13/11 (sábado) 6h às 14h
15/11 (segunda-feira) 14h às 23h

Descida e retorno da Serra do Cafezal

A Concessionária, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, implantará um plano operacional diferenciado na Serra do Cafezal, trecho de pista simples entre o km 336 e o km 368 da BR-116 SP/PR. O objetivo da operação é aumentar a capacidade de veículos por hora na rodovia, com ênfase para a descida da serra (sentido São Paulo–Curitiba) na saída do feriado – dias 12 e 13/11; e atenção especial para o tráfego sentido Curitiba–São Paulo no retorno do feriado, na segunda-feira (15/11). A operação consiste em montagem de faixas reversíveis em alguns trechos e liberação do acostamento para o tráfego de veículos, com a autorização da Polícia Rodoviária Federal. Equipes de engenharia e conservação permanecerão de prontidão para obras emergenciais. 

Desvios de tráfego

No km 508 (região de Cajati-SP), na pista sentido Curitiba, o tráfego é operado em faixa única por um desvio de 500 metros, devido a obras de recuperação do viaduto. Outro desvio fica na altura do km 331 (região de Juquitiba-SP), no sentido São Paulo, onde o tráfego também é operado por uma faixa. A intervenção foi necessária devido a um afundamento ocorrido na pista e o local está em obras. A Concessionária alerta que, devido ao aumento do volume de tráfego no recesso, poderão ocorrer retenções de tráfego em razão dos desvios. A recomendação aos usuários é de que redobrem a atenção, reduzam a velocidade e respeitem a sinalização. 

Atendimento mecânico

Além dos 14 guinchos que normalmente operam na rodovia, a Concessionária colocará neste feriado cinco guinchos extras. Esses recursos estarão posicionados em locais estratégicos, no trecho entre o km 268 e o km 384, que abrange os municípios de Taboão da Serra até Miracatu. Painéis de mensagens variáveis (PMV) indicarão as condições da rodovia e comunicarão o início e término das operações de tráfego (liberação de acostamento e montagem e desmontagem de faixas reversíveis). 

Atendimento médico

As equipes de atendimento pré-hospitalar da Autopista Régis Bittencourt trabalham com 14 ambulâncias para atender aos usuários: nove ambulâncias de resgate e cinco ambulâncias de suporte avançado (UTI). 

Informações e atendimento a emergências

Pelo telefone gratuito 0800 70 90 116 o usuário pode solicitar atendimento de emergência na rodovia, tirar dúvidas sobre a concessão ou fazer reclamações e sugestões para a Concessionária. O telefone gratuito 0800 717 1000 está disponível para o atendimento aos usuários com deficiência auditiva e da fala. Antes de iniciar sua viagem, o usuário também pode consultar as condições da rodovia pelo site www.autopistaregis.com.br.

 Pedágio

A Régis Bittencourt possui cobrança de pedágio nos seguintes pontos:

Km 299 – São Lourenço da Serra (SP)

Km 370 – Miracatu (SP)

Km 427 – Juquiá (SP)

Km 485 – Cajati (SP)

Km 542 – Barra do Turvo (SP)

Km 57 – Campina Grande do Sul (PR) 

A tarifa básica é de R$1,50 em todas as praças; motos pagam R$ 0,75 e veículos comerciais pagam conforme o número de eixos.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Autopista Fernão Dias terá operação especial no feriado de 15 de novembro
  2. Autopista Régis Bittencourt realizou 3.170 atendimentos durante a Operação Finados
  3. Obras da Autopista Fernão Dias – 9 e 10 de novembro
  4. Autopista Fernão Dias realizou mais de 2 mil atendimentos no feriado de 2 de novembro
  5. Programação de Obras da Autopista Fernão Dias –1 a 6 de novembro

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *