28
novembro
2011
23:04

Companhia de Danças da Bielorússia chega ao Memorial da América Latina para apenas duas apresentações

Com mais de 50 anos de trajetória, a Companhia de Danças da Bielorússia chega ao Memorial da América latina para se apresentar nos dias 3 e 4 de dezembro. A companhia é reconhecida em toda a Europa como um dos grupos mais bem-sucedidos ao reservar as tradições históricas da cultura local traduzindo–as para uma linguagem contemporânea. 

O espetáculo é dedicado ao folclore russo e eslavo, em dois atos onde os bailarinos se apresentam com trajes típicos. No palco onze casais de dançarinos e um conjunto musical formado por instrumentos como o acordeom e o tsimbol com suas 78 cordas.

Dirigida pelo mestre em ballet Valentin Dudkevich a companhia de Danças da Bielorrússia conta com mais de 120 artistas entre bailarinos e músicos, o que permite manter dois grupos em turnês simultâneas. O repertório também é vasto: são mais de 50 obras combinadas em diversos programas que vai desde o mais tradicional folclore bielorusso a danças típicas de povos que imigraram para aquele país. Já a cenografia faz referência a vida nos povoados e aos trabalhos no campo evocados por festas dedicadas ao plantio e a colheita.

O MEMORIAL

Plantado em 84.480 m², no bairro da Barra Funda, o Memorial é um convite permanente às manifestações artísticas e científicas latino-americanas, um apelo para que elas façam do conjunto arquitetônico projetado por Oscar Niemeyer a sua casa em São Paulo.

Foi inaugurado em 18 de março de 1989 o Memorial da América Latina, com o conceito e o projeto cultural desenvolvido pelo antropólogo Darcy Ribeiro. Assim, o Memorial nasceu com a missão de estreitar as relações culturais, políticas, econômicas e sociais do Brasil com os demais países da América Latina.

Desde então ele vem cumprindo seu papel. O Memorial fomenta a pesquisa e divulga seus resultados. Apóia a expressão da identidade latino-americana e incentiva seu desenvolvimento criativo. Coordena iniciativas de instituições científicas, artísticas e educacionais do Brasil e de outros países ibero-americanos. E difunde a história dos povos latino-americanos às novas gerações de estudantes.

SERVIÇO:

Companhia de Danças da Bielorússia

Fundação Memorial da América Latina

Av. Auro Soares de Moura,664 – Barra Funda – SP – 3823-4600

DIAS: 03, sábado, 21h e 04, domingo, 19h

Auditório Simón Bolívar

Capacidade : 1600 pessoas

Ingressos: R$ 60,00 e meia entrada.

Bilheteria: dia 02, das 14 às 19h, e dias 03 e 04, a partir das 14h.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Começa nesta segunda-feira a Semana Nacional de Conciliação
  2. CET monitora trânsito no Transamérica Expo Center para a “Biofach América Latina e Exposustentat 2010”
  3. “Tecnomania não resolve o problema, apenas liga para vender outro produto”, declara internauta!
  4. Internauta reclama do furto em bagagens do voo com conexão no México. Companhia aérea acha normal
  5. Programa de proteção ao pedestre chega aos corredores de ônibus e estações de metrô

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *