12
julho
2012
20:59

Desembargadora e filha discutem com policiais durante blitz de lei seca em SP

Uma desembargadora do TRT (Tribunal Regional de Trabalho) e a filha advogada foram conduzidas ao 78º Distrito Policial dos Jardins após se envolverem em uma discussão com policiais militares em uma blitz da lei seca na avenida Paulista, no final da noite de quarta-feira (11). 

A advogada dirigia um Chery QQ –acompanhada da mãe e duas outras passageiras– quando foi parada por policiais em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero, por volta das 23h30. Segundo a PM, a condutora do carro entregou os documentos, mas se alterou quando um militar pediu para ela realizar o teste do bafômetro.

De acordo com a polícia, a mulher disse que “era uma palhaçada” e se virou para mãe e falou: “mostra para ele quem somos”. A mãe da motorista mostrou a sua funcional do TRT.

Os policiais disseram que, em seguida, a motorista teria descido do carro para tomar seus documentos que estavam com uma policial feminina. Ao ser impedida, ela deu tapas em dois militares, de acordo com a PM.

As outras passageiras abandonaram as duas mulheres discutindo com os policiais.

Antes de ir ao 78º DP para prestar esclarecimento, mãe e filha foram à Corregedoria da Polícia Militar fazer uma denúncia contra os policiais por abuso de autoridade.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Secretário recebe reivindicações de policiais civis
  2. Três policiais militares sofrem atentado no Guarujá
  3. STJ obriga pai a pagar indenização de R$ 200 mil a filha por abandono afetivo
  4. Filha de Oscar Niemeyer morre no Hospital Samaritano, no Rio
  5. Governo reforça segurança no litoral com 5200 policiais

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *