24
janeiro
2012
17:54

Editora Três nos encaminha resposta evasiva e não esclarece golpes aplicados na praça

É isso mesmo. Considero um golpe o fato de um jovem me abordar em nome da Editora Três e me oferecer assinatura gratuita e depois eu decobrir que a assinatura é o mesmo preço anunciado no site da empresa e o mesmo valor da revista Veja, a concorrente que é superior em qualidade jornalística, na minha opinião.

Clique aqui e releia a postagem com o vídeo flagrante.

Abaixo, a resposta corporativa da Editora Três, que fala mas não explica a atitude praticada pelos jovens que abordam milhares pelo Brasil, causando um constrangimento não indenizado pela editora, apenas o cancelamento após várias tentativas desgastante!

O vídeo mostra tudo e não mente! Leia na íntegra:

A Editora Três atua no mercado há mais de 35 anos e se preocupa com a qualidade das vendas e do serviço prestado aos seus clientes.
Temos equipes de vendas por todo o Brasil e os vendedores são treinados e orientados a ofertar nossos produtos de acordo com as campanhas promocionais e descontos oferecidos aos clientes que optam por assinar uma de nossas publicações.
Neste caso trocamos toda a equipe do ponto de venda, pois não se trata de “assinatura grátis”, o valor informado ao cliente estava correto, contemplando os 2 produtos, ( ISTOÉ + TRIP ) mas com desconto promocional em relação ao preço de capa de cada revista.
Informamos ainda que a Editora Três também comercializa a venda de assinaturas da revista TRIP, mesmo sendo essa publicação de outra editora.

Estamos à diposição,

Att.

Elaine Basilio

Gerente de Atendimento

Reclamações e sugestões podem ser encaminhadas ao marcelo@blogdocury.com.br.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Flagrante do Blog do Cury: Editora Três insiste em vender assinatura enganando o cliente
  2. Internauta reclama da abordagem dos jovens que oferecem brindes em troca de uma assinatura da Editora Três
  3. VEX encaminha nova resposta sobre um velho problema
  4. Vex encaminha resposta sobre reclamação de cliente
  5. Empresa pede código de segurança do cartão de crédito para cancelar renovação automática de assinatura da Editora Globo. Internauta desconfia