26
julho
2012
16:53

Estudo mostra diferenças entre homem e mulher na forma de expressar amor

Que homens e mulheres expressam o amor de formas diferentes não é muita novidade –anos de guerra dos sexos e horas de “D.R” estão aí para provar. O que um recente estudo mostra é como cada sexo demonstra o sentimento. 

A pesquisa acompanhou por 13 anos casais que estavam no primeiro casamento. “Nas sociedades ocidentais, as mulheres são consideradas mais hábeis que os homens para expressar o amor em relacionamentos românticos [...] Essa ideia de ‘amar diferente’ raramente é examinada de forma empírica”, escrevem os pesquisadores, da Universidade do Texas em Austin, na introdução do artigo, recém-publicado no site da revista “Personality and Social Psychology Bulletin”.

Segundo os autores, contrariando as expectativas, o estudo mostrou que os dois sexos têm a mesma habilidade e disposição para demonstrar o amor. O que muda é o jeito.

As mulheres fazem isso principalmente suportando coisas ruins (evitando a ‘negatividade’ e sendo menos ‘antagonista’, como dizem os cientistas) e usando atitudes positivas, como elogios e beijos, para criar um clima agradável.

“Ao conter a ‘negatividade’ elas entendem que demonstram uma preocupação especial com o marido [...] A contenção é quase um autossacrifício que dá espaço para os homens se afirmarem.”

Já eles expressam o afeto por meio do companheirismo, da partilha de atividades de lazer ou domésticas. E, também, pela vontade de fazer sexo com a parceira.

“O sexo parece ser um importante canal por meio do qual homens expressam seus sentimentos amorosos.”

Para chegar às conclusões, os pesquisadores acompanharam 168 casais que estavam no primeiro casamento. Homens e mulheres passaram por quatro entrevistas separadamente, em que eram convidados a descrever e analisar as últimas 24 horas.

A primeira entrevista foi dois meses depois do casamento, a segunda e a terceira no intervalo de um ano e a quarta depois de 13 anos –quando só 105 dos 168 casais ainda estavam juntos (56 tinham se divorciado, três ficaram viúvos e quatro não foram encontrados).

JULIANA VINES
DE SÃO PAULO
Folha Online

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Homem falha ao tentar engravidar mulher do vizinho e descobre que é corno!
  2. PM forma 824 novos tecnólogos em polícia
  3. PM forma mais 975 sargentos para atuar no Estado de SP
  4. Atleta indiana é presa sob acusação de estupro e de ser homem
  5. PM forma segunda turma de tecnólogos em polícia

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *