28
dezembro
2011
22:07

GPS de Ipad ajuda a prender assaltantes no litoral sul

Créditos: Davi RibeiroFoto: Davi Ribeiro

O comerciante M.A.P, de 30 anos, e o vendedor J.C.A, de 32, foram presos na tarde de terça-feira (27), por volta das 17h30, na cidade de Praia Grande, no litoral sul de São Paulo, acusados de roubarem uma residência na rua Oquira, em Alto de Pinheiros, na Capital. O auxiliar de serviços gerais J.H.E, de 27, que estava com eles, também foi detido por porte ilegal de arma e receptação.

A Polícia Militar conseguiu chegar ao trio após as vítimas identificarem onde estavam os assaltantes, através de um aparelho Ipad, que continha um localizador GPS. Depois de serem avisados pelos policiais do 14º DP da Capital, os PMs do litoral paulista encontraram os três homens, dentro de uma casa, no momento em que separavam os objetos roubados.

Com os acusados, além dos equipamentos furtados, foram encontradas três armas carregadas, sendo que uma delas apresentava a numeração raspada. 

Após a prisão, as vítimas foram chamadas até a delegacia do litoral para identificação dos suspeitos, onde reconheceram M.A.P e J.C.A como autores do crime. Já J.H.E não foi identificado pela família e responderá apenas por porte de arma de uso restrito e receptação. 

De acordo com as vítimas, os assaltantes, que realizaram o roubo na manhã do mesmo dia da prisão, chegaram dentro de um Honda Cívic e anunciaram o roubo, exigindo que os membros e os empregados da família ficassem dentro de um dos quartos da residência, onde um dos homens manteve as pessoas reféns, enquanto outro procurava objetos de valor e um cofre dentro da casa. O terceiro permaneceu dentro do carro. 

Ao perceber que não havia cofre na residência, o suspeito passou a revirar todos os armários e gavetas da casa, pegando vários objetos e joias que foram colocados em uma sacola. 

Segundo as vítimas, os homens permaneceram no local cerca de duas horas, sempre fazendo ameaças às pessoas, porém, sem agressão física. Neste período, os assaltantes levaram vários objetos de valor e equipamentos eletrônicos, entre eles, um Ipad, que ajudou na prisão dos três. 

As vítimas foram orientadas a irem ao Projeto Phoenix para fazer o reconhecimento fotográfico. O assalto foi registrado no 14º Distrito Policial (Pinheiros) como roubo. A prisão do trio foi realizada pela Delegacia de Polícia de Praia Grande, onde foram indiciados por receptação, roubo e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Assaltantes levam R$ 15 mil em ovos de Páscoa em SP
  2. Ladrão rouba carro em SP e pede ajuda de dono para conseguir dirigir
  3. Polícias identificam PM suspeito de ataques na Baixada Santista
  4. Polícia Militar realiza operações especiais no litoral
  5. Operação Sufrágio resulta em mais de 200 prisões

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *