18
fevereiro
2013
04:23

Internauta reclama de risco que correu com a superlotação no evento Brasil Open de Tênis, no Ibirapuera

O advogado Gianpaulo Scaciota nos encaminhou um texto demonstrando toda a sua insatisfação. Leia na íntegra:

Como te disse fui hoje ao Ibirapuera assistir o jogo do Nadal! Cheguei as 12:20 quando estava ocorrendo o jogo de duplas!

Não me deram qualquer auxilio ou informação! Paguei R$450,00 para ver o jogo com meu filho de 9 anos! Tivemos que assistir o jogo das escadas sentados no chão amontoados com varias outras pessoas!

Não tive condições sequer de levar meu filho ao banheiro ou comprar uma água, pois se saísse não teria como voltar!

Pior, a medida que o jogo transcorria chegava mais gente! Me senti impotente e desconfortável! Joelho nas costas e tentando proteger meu filho das pessoas que tentavam se locomover!

Um absurdo!

Se alguém passasse mal ou tivesse que sair do local as pressas a vida das pessoas estava em risco! Inacreditável que depois da tragédia de Santa Maria se permita uma situação dessas em nome do lucro!

Minha indignação e de todos que estavam lá era a mesma! Não sei quanto aos outros mas vou querer meu dinheiro de volta! Denunciar! Essas pessoas colocaram a minha vida e pior a do meu filho em risco!

Até quando? Precisa necessariamente alguém morrer para ter respeito à pessoa, à vida, à dignidade?

Reclamações e sugestões podem ser encaminhadas ao marcelo@blogdocury.com.br.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Internauta reclama do atendimento na Padaria Caprichosa
  2. Internauta compra tênis em site da Netshoes e além de não receber, tem o valor da compra aumentado
  3. Internauta reclama que Banco do Brasil “sequestra” dinheiro dos correntistas
  4. Internauta reclama da H.Stern, representante oficial da Tag Heuer no Brasil
  5. Banco do Brasil não consegue abrir o cofre e trabalha sem dinheiro, reclama internauta

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *