08
novembro
2010
17:25

Ipem-SP reprova 15 lotes de produtos de alvenaria analisados no primeiro dia da “Operação João-de-barro”

Nesta segunda-feira (8/11), Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), autarquia vinculada à Secretaria da Justiça, reprovou 15 (28,85%) dos 52 lotes de materiais cerâmicos para alvenaria fiscalizados, por apresentarem menor quantidade de produto em relação à indicada na embalagem.  

A ação especial, denominada “Operação João-de-barro”, examinou itens como canaleta, bloco cerâmico, tijolo, dentre outros, simultaneamente nos oito laboratórios do Ipem-SP em São Paulo, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São Carlos, São José dos Campos e São José do Rio Preto. Representantes das empresas verificadas são previamente convidados a acompanhar o trabalho dos fiscais.

O superintendente do Ipem-SP, Fabiano Marques de Paula, comenta o objetivo da operação. “Materiais utilizados na construção civil são examinados rotineiramente por fiscais do Ipem. Desta vez, realizamos esta ação especial para intensificar a vigilância desses itens e garantir que o consumidor adquira a quantidade solicitada dos produtos”.

Empresas autuadas têm dez dias para apresentar defesa ao Departamento de Análise e Gestão de Processos do Ipem-SP, que define multa de R$ 100 a R$ 50 mil, dobrando na reincidência. Caso o comerciante não apresente nota fiscal do produto, ele assume a total responsabilidade sobre possíveis erros.

A “Operação João-de-barro” continua nesta terça-feira (9/11), das 8h às 14h, nos laboratórios do Ipem-SP citados abaixo:

São Paulo: canaleta, bloco cerâmico vedação, elemento vazado e tijolo.
Rua Muriaé, 154 – Alto do Ipiranga – F. (11) 3581-2453
Responsável: Coracy Amaral.

Bauru: canaleta, bloco cerâmico de vedação, elemento vazado e tijolo.
Rua Itapura, 10 -25 – Jardim Marambá – F. (14) 3203.1044.
Responsável: Gustavo Pinheiro Sanchez.

Campinas: canaleta cerâmica, bloco cerâmico de vedação, meio bloco cerâmico de vedação e tijolo.  
Avenida das Amoreiras, 163 – Vila Rialto – F. (19) 3272.9720.
Responsável: Josias Barbosa.

Presidente Prudente: canaleta, bloco cerâmico de vedação, elemento vazado e tijolo.
Rua Coronel Albino, 550 – Jd. Aviação – F. (18) 3222.9275.
Responsável: Thirso Aparecido Marconi

Ribeirão Preto: canaleta, bloco cerâmico, elemento vazado e tijolo.
Avenida Maurilio Biagi, 2.940 – City Ribeirão – F. (16) 3916.3000.
Responsável: Luiz Eduardo Galdeano.

São Carlos: canaleta, bloco cerâmico, elemento vazado e tijolo.
Rua Raimundo Corrêa, 1.229 – Vila Marcelino – F (16) 3368.1406
Responsável: Ricardo Leite.

São José dos Campos: canaleta, bloco cerâmico, elemento vazado e tijolo.
Avenida Olivo Gomes, 100 – Santana – F. (12) 3921 5628
Responsável: Claudia Zau.

São José do Rio Preto: bloco cerâmico, elemento vazado e tijolo.  
Rua Uber Folchine, 501 – Mini Distrito – Campo Verde – F. (17) 3218.3022.
Responsável: César Pereira de Menezes.

Seguem abaixo produtos que apresentaram erros no primeiro dia da “Operação João-de-barro”:

Capital
Produto Empresa Total de embalagens analisadas Quanto em média faltou nas embalagens Erros individuais
Bloco Cerâmico Vedação

Cerâmica Bronze

14 cm (largura) x 19 cm (altura) x 29 cm (comprimento)

Cerâmica Bronze Ltda 13 0,4 cm (2,11%) na altura e 0,5 cm (1,72%) no comprimento -
Canaleta

Bronze

14 cm x 14 cm x 19 cm

Cerâmica Bronze Ltda 13 0,4 cm (2,86%) na altura -
Canaleta

Vibeoli

11,5 cm x 14 cm x 24cm

Vibeoli Cerâmica Ltda 13 0,5 cm (4,35%) na largura -
Bloco Cerâmico Vedação

Tec Brasil

11,5 cm x 14 cm x 24 cm

Tec Brasil Blocos Cerâmicos Ltda 13 0,4 cm (3,48%) na largura e 0,5 (3,57%) na altura -
Elemento Vazado

Cerâmica Bruta

18 cm x 25 cm x 7 cm

Cerâmica Bruta Ltda 13 1 cm (5,56%) na largura e 1,4 cm (5,60%) na altura -
Bauru
Produto Empresa Total de embalagens analisadas Quanto em média faltou nas embalagens Erros individuais
Elemento vazado

Figueira PR

8,2 cm x 17,5 cm x 21 cm

Cerâmica Figueira Ltda. 13 0,5 cm (2,38%) no comprimento -
Bloco cerâmico de vedação – 6 furos

Cerâmica Coutinho

9 cm x 19 cm x 19 cm

Laércio Coutinho Simões Fartura 13 5 cm (26,32%) na altura e 4 cm (21,05%)no comprimento -
Bloco cerâmico de vedação – 8 furos

Cerâmica Coutinho

9cm x 19 cm x 19 cm

Laércio Coutinho Simões Fartura 13 0,6 cm na altura (3,16%) -
Canaleta

Cerâmica Gino

19 cm x 19 cm x 19 cm

Gino Sangiácomo Taquarituba 13 0,6 cm (3,16%) na largura -
Campinas
Quanto em média faltou nas embalagens Empresa Total de embalagens analisadas Quanto em média faltou nas embalagens Erros individuais
Tijolo Vazado Retu Xis Esmaltado Branco

Martins

7 cm x 19 cm x 1 9 cm

Martins Ind. e Com. De Prods. Cerâmicos Ltda 13 0,6 cm (3,16%) na largura -
         
Presidente Prudente
Quanto em média faltou nas embalagens Empresa Total de embalagens analisadas Quanto em média faltou nas embalagens Erros individuais
Tijolo maciço

R-1

9 cm x
4 cm x
19 cm

Adauto Aparecido da SIlva Tijolos 13 1 cm (5,26%) no comprimento -
Bloco Cerâmico de Vedação

Cerâmica Dois Irmãos

11,5 cm x
14 cm x
24 cm

Joao Antonio da Silva Neto 13 0,8 cm (3,33%) no comprimento -
Ribeirão Preto
Produto Empresa Total de embalagens analisadas Quanto em média faltou nas embalagens Erros individuais
Bloco cerâmico 12 furos

Bertasso

11,5 cm x 19 cm x 29 cm

Olaria Bertasso Ltda 13 0,4 cm (1,38%) no comprimento -
Canaleta

Cavalheiro

11,5 cm x 14 cm
x 24 cm

Cerâmica Cavalheiro Ltda 13 0,4cm (3,48%) na largura -
São José dos Campos
Produto Empresa Total de embalagens analisadas Quanto em média faltou nas embalagens Erros individuais
Elemento Vazado

Martins

6,8 cm x 18 cm x 25 cm

Lourdes AP. S. Martins 13 0,7 cm (2,80%) no comprimento -

Em caso de dúvidas, reclamações ou denúncias, o consumidor pode recorrer ao serviço da Ouvidoria do Ipem pelo telefone 0800 0130522 de segunda a sexta, das 8h às 17h, ou enviar e-mail para: ouvidor-ipem@ipem.sp.gov.br.

No site www.ipem.sp.gov.br, além de informações sobre toda a legislação metrológica e da qualidade vigentes no país, estatísticas de fiscalização, orientações ao cidadão e empresários, o interessado pode levantar detalhes das ações diárias do instituto.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. No primeiro dia da “Operação Alô Doutor”, Ipem-SP reprova 16 lotes de material hospitalar
  2. “Operação Sorriso” reprova 11 lotes de produtos odontológicos e de higiene bucal
  3. Ipem-SP autua seis lojas durante “Operação Dia das Crianças”
  4. Ipem-SP inaugura primeiro Posto de Verificação de Cronotacógrafo, em São José do Rio Preto
  5. Na próxima segunda-feira “Operação Flora” fiscaliza produtos de jardinagem e horticultura

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *