19
outubro
2010
17:23

Marginal Tietê pode ter restrição a caminhões neste ano, diz secretário

Marcelo Branco disse que estudos na Zona Leste de SP já foram iniciados. Nova Jacu-Pêssego, aberta no fim de semana, era requisito para restrição.

A Marginal Tietê e as avenidas do Estado e Salim Farah Maluf podem ter algum tipo de restrição a caminhões ainda este ano, segundo informou nesta terça-feira (19) o secretário Municipal dos Transportes, Marcelo Cardinale Branco. No último fim de semana, foi inaugurado um novo trecho de 13 km da Avenida Jacu-Pêssego, que deve funcionar como um prolongamento do Rodoanel na Zona Leste de São Paulo.

O secretário afirmou que a movimentação na nova avenida já está sendo monitorada, e que a Prefeitura já iniciou um estudo com a origem e destino das cargas para verificar a possibilidade das restrições. “Iniciamos agora uma análise desses volumes transportados, da movimentação dos caminhões e das cargas por aquela região. Aguardamos o fim das obras na Jacu-Pêssego. Ainda não temos um prazo, mas devemos caminhar nesse sentido de haver restrição”, explicou Branco.

O secretário ressaltou que ainda é necessária a conclusão da obra, que é feita pelo Governo do Estado e ainda está em andamento. Para a prefeitura, a nova Jacu-Pêssego pode ser utilizada pelos veículos de carga como ligação entre o Trecho Sul do Rodoanel e as rodovias Ayrton Senna e Dutra – enquanto o Trecho Leste do Rodoanel não fica pronto. Assim, eles não precisariam passar por dentro da capital paulista.

Segundo Branco, o estudo, além de analisar quais veículos estão passando na via, vai verificar que tipos de restrição poderão ser feitas e quais serão as rotas alternativas para os veículos. “O estudo fica pronto neste ano ainda. [A restrição] pode começar no ano que vem, como pode começar este ano”, afirmou.

A previsão é que 40 mil veículos circulem por dia no novo o trecho da Jacu-Pêssego. Nesta primeira etapa, foi entregue o eixo principal da via, da Avenida Papa João XXIII, em Mauá, no ABC, até o trevo da Avenida Ragueb Chohfi, em São Mateus, na Zona Leste de São Paulo. A ligação com a Avenida dos Estados, assim como as marginais, acessos e alças, está na segunda etapa das obras do Complexo Viário Jacu-Pêssego e tem previsão de conclusão em 2011.

Outras restrições
Este ano, a Prefeitura de São Paulo já realizou restrições a caminhões em diversas vias da cidade. Em setembro, os veículos de carga foram proibidos de circular na Marginal Pinheiros e nas avenidas dos Bandeirantes e Jornalista Roberto Marinho entre 5h e 21h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 14h aos sábados. A restrição já havia começado em agosto, mas as multas só passaram a ser aplicadas em setembro.

No mesmo mês, foi anunciada a mesma restrição em dez avenidas do Morumbi – para onde o tráfego de caminhões migrou: Avenida Professor Francisco Morato, Avenida Giovanni Gronchi, Avenida Morumbi (entre as pontes do Morumbi e da Avenida Professor Francisco Morato), Avenida Luís Migliano, Avenida Guilherme Dumont Villares, Avenida Jacob Salvador Zveibel, Avenida Jorge João Saad, Rua Oscar Americano, Rua Padre Lebret e Rua Jules Rimet (entre a Rua Padre Lebret e a Praça Roberto Gomes Pedrosa).

Neste caso, entretanto, os veículos só serão multados a partir do dia 29 de outubro.

G1

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. CET revitaliza Avenida Jacu-Pêssego, na Zona Leste
  2. Novo trecho da Avenida Jacu-Pêssego é aberto para o tráfego
  3. Prefeitura amplia restrições a caminhões em São Paulo
  4. Internauta reclama de sinalização na Marginal do Tietê
  5. CET interdita trechos da Marginal do Tietê para obras

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *