30
janeiro
2013
18:34

Nem o motorista respeita a lei que proíbe o uso de aparelhos sonoros nos coletivos

Este é o país da impunidade! As lei não são respeitadas e não há fiscalização para fazer cumprir a lei. E quem deveria zelar por isso é o primeiro a desrespeitar e dar um péssimo exemplo. Com que autoridade irá pedir respeito à lei?

O flagrante foi no final da tarde de hoje em um ônibus na avenida Paulista. Logo na entrada uma música alta. Era o rádio do motorista e não um sistema de som do coletivo. Eu, particularmente, não acharia ruim uma música ambiente no transporte público, mas há uma lei para disciplinar o uso indiscriminado de aparelhos sonoros sem o fone de ouvido. Imagina se todos se acharem no direito de ouvir seu som em alto volume!

Como mostra a imagem acima, há um aviso informando sobre a proibição e o número da lei. E como mostra o vídeo abaixo, o som rolava solto no ônibus.

Muitos não respeitam, e o cobrador ou motorista, que deveriam alertar o usuário, muitas vezes se omitem da obrigação, fazendo com que os passageiros acabem se desentendendo. Mas, quem irá recriminar o motorista?

Lei é lei e deve ser cumprida! Quando iremos aprender isso?

Reclamações e sugestões podem ser encaminhadas ao marcelo@blogdocury.com.br.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Dono de lotérica cria lei e proíbe o uso de celular
  2. Uso de borracha reciclada no asfalto agora é lei
  3. Lei proíbe cobrança de taxa do beijo em Juíz de Fora (MG)
  4. Flagrante: motorista estaciona na calçada, fecha passagem de pedestres e ainda acha que está dentro da lei
  5. São Paulo passa a ter grupo especial para fiscalização da Lei Cidade Limpa

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *