19
outubro
2010
13:50

Polícia Civil da região de Campinas recebe 65 viaturas

As novas viaturas integram um total de 1.095 veículos adquiridos pelo Governo do Estado, com a finalidade de renovar a frota da Polícia Civil em todas as regiões do estado; o primeiro lote, de 94 viaturas, foi entregue à Polícia Civil da região de Sorocaba no último dia 9 

O governador do Estado, Alberto Goldman, e o delegado geral da Polícia Civil, Domingos Paulo Neto, entregaram 65 novas viaturas à Polícia Civil da região de Campinas, nesta segunda-feira (18). O investimento do Governo do Estado na aquisição dos veículos – 35 Paratis, 20 Corsas, nove Blazers e um Vectra – foi de R$ 2,89 milhões.

As 65 novas viaturas integram um total de 1.095 veículos, adquiridos com a finalidade de renovar a frota da Polícia Civil em todas as regiões do estado, em um investimento total de R$ 48.368.700 milhões. O primeiro lote, composto por 94 viaturas, foi entregue à Polícia Civil da região de Sorocaba no último dia 9. Durante a entrega de hoje, o delegado seccional de Campinas, José Rolim Neto, garantiu que as 13 delegacias da cidade receberão as viaturas, além de outros municípios da região.

Frota renovada
De 2007 a 2010, foram investidos cerca de R$ 285 milhões para a aquisição de mais de 7.600 novos veículos, destinados às polícias Militar, Civil e Técnico-Científica. Somente pela Polícia Civil, foram 880 veículos entregues em 2009, em uma renovação de aproximadamente 2 mil viaturas em dois anos. Com isso, todas as viaturas em operação da Polícia Civil têm fabricação a partir do ano 2000.

Todos os novos veículos entregues, destacou o delegado geral Domingos Paulo Neto, estão padronizados com o logotipo da Polícia Civil e com as cores preta e branca, para uma fácil diferenciação.

O responsável pela frota de veículos da Polícia Civil, o delegado Edison Geraldo Schiavinato, titular da Divisão de Transportes da Delegacia Geral de Polícia, lotada no DAP (Departamento de Administração e Planejamento da Polícia Civil), afirmou que o Governo do Estado realizou um importante programa de renovação da frota da corporação nos últimos quatro anos. “Trata-se de um plano de governo de equipar a polícia e renovar sua frota. Não faltam armamentos e viaturas hoje na Polícia Civil”.

Criminalidade cai em Campinas
De acordo com a Polícia Civil de Campinas, a criminalidade está em queda no município. Todos os índices estão menores do que os do ano passado, ainda que Campinas seja uma cidade grande, com problemas complexos.

Os roubos caíram 17% no segundo trimestre, consolidando a diminuição de 15% no primeiro semestre. Em relação aos mesmos meses de 2009, a redução em números absolutos foi de 838 casos, entre abril e junho, e de 1.515 casos, entre janeiro e junho. Os furtos recuaram 3% no primeiro semestre. Foram 614 casos a menos que no mesmo período do ano passado. Na comparação entre os segundos trimestres, houve queda de 1,5% em relação a 2009, com 150 registros a menos.

Roubos e furtos de veículos também diminuíram na região de Campinas. Foram roubados 734 veículos a menos que no primeiro semestre de 2009 – uma redução de 18%. Entre abril e junho, a queda foi de 17%, com 357 registros casos a menos que no ano passado.

O número de veículos furtados de janeiro a junho retrocedeu em 1.368 casos uma queda de 23%. No segundo trimestre, foram registrados 838 furtos de carros a menos na comparação com o mesmo período de 2009 – uma expressiva redução de 28%. As polícias da região recuperaram e devolveram aos proprietários 46% dos veículos furtados ou roubados – acima da média estadual, de 43%.

Houve redução de 3% nos homicídios dolosos no primeiro semestre. Foram registrados cinco a menos que no mesmo período do ano passado. A redução dos homicídios dolosos no semestre na região de Campinas colaborou para que o Estado registrasse em junho o menor número de mortes intencionais na história recente: 296 casos, o que corresponde a 8,84 homicídios por grupo de 100 mil habitantes. Já são 48.674 as vidas poupadas no Estado desde 1999, quando os homicídios começaram a declinar.

A queda dos índices de criminalidade na região foi indicada por Alberto Goldman como resultado dessa política de investimentos em equipamentos e novas tecnologias. “Essa renovação da frota vai ajudar muito o trabalho de investigação da Polícia Civil e para que essa queda continue”.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Governador entrega novas viaturas à Polícia Civil de Sorocaba
  2. Com nova unidade, Polícia Civil também se prepara para Copa 2014
  3. Ouvidoria da Polícia tem novos conselheiros
  4. Operação Estiagem: 91 detidos nos 89 municípios da região de Bauru
  5. Polícias investirão R$ 500 milhões em rádio digital

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *