28
novembro
2012
08:44

Procon-SP lista 200 sites que devem ser evitados para compras na internet

Órgão recebeu reclamações por irregularidades no comércio eletrônico. Principais delas foram falta de entrega do produto e ausência de resposta.

A lista está disponível na de site da Fundação Procon, no link “Evite esses sites” (acesse aqui), com endereço eletrônico em ordem alfabética, razão social da empresa e número do CNPJ ou CPF. Os sites ainda foram classificados pelo órgão de defesa do consumidor com as condições “fora do ar” ou “no ar”.

A Fundação Procon-SP divulgou uma lista com mais de 200 sites que devem ser evitados pelo consumidor em compras pela internet. As páginas não são recomendadas porque o órgão recebeu reclamações por irregularidades na prática de comércio eletrônico.

De acordo com o Procon-SP, as principais reclamações dos consumidores sobre as páginas não recomendadas são: falta de entrega do produto adquirido pelo consumidor e ausência de resposta das empresas para a solução do problema.

“Esses fornecedores virtuais não são localizados, inclusive no rastreamento feito no banco de dados de órgãos como Junta Comercial, Receita Federal e Registro BR, responsável pelo registro de domínios no Brasil, o que inviabiliza a solução do problema apresentado pelo consumidor”, diz o diretor executivo do Procon-SP, Paulo Arthur Góes, em nota.

Do G1, em São Paulo

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Veja aqui lista de sites que não entregam produtos
  2. Sites de comércio eletrônico cobram para agendar entrega em São Paulo
  3. Internauta reclama que Planeta Ofertas não entrega produto; Procon já determinou suspensão das atividades do site
  4. Empresas são autuadas pelo Procon por não informar atraso de voo
  5. O Procon pediu um fechamento temporário de 12 horas para 11 supermercados em São Paulo

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *