24
fevereiro
2011
20:48

SP lidera redução de homicídios, diz Governo Federal

Mapa da Violência mostra que o Estado de São Paulo foi o que mais reduziu os índices de homicídios, de 39,7 por 100 mil habitantes para 14,9, dentro de todo território nacional  

 

São Paulo é o estado que apresenta maior queda no número de homicídios, entre as 27 unidades da federação. É o que revela o Mapa da Violência/2011, divulgado hoje (24), pelo Ministério da Justiça e Instituto Sangari. A taxa de homicídios do Estado, entre 1998 e 2008, caiu de 39,7 por 100 mil habitantes para 14,9. São Paulo passa a ocupar uma das últimas posições: a 25º, ficando somente atrás de Santa Catarina e Piauí. 

Os números positivos são resultados da política de segurança pública adotada pelo governo do Estado de São Paulo. A Secretaria da Segurança Pública estabeleceu novas prioridades de trabalho, escolheu novos gestores para as polícias e investiu na aquisição de modernas tecnologias, armas e viaturas, entregues a todas as regiões do Estado.

Investimentos e tecnologia 

São Paulo conta com os sistemas inteligentes de Registro Digital de Ocorrências (RDO) e de Informações Criminais (Infocrim), que permitem as polícias o georrefenciamento da criminalidade, estabelecendo pontos onde há maiores incidentes criminais. Em 2010, os sistemas foram levados a unidades policiais de todos 645 municípios do Estado. 

O governo do Estado de São Paulo investiu R$ 197,25 milhões em tecnologia da informação, em 2010, com o objetivo de aperfeiçoar o trabalho policial. Além dos sistemas inteligentes, as cidades pólo de todas as regiões do interior e litoral passaram a contar com moderno sistema da radiocomunicação digital, que acelera as comunicações entre os policiais e não pode ser interceptado por terceiros. A retirada das armas ilegais das ruas ao longo da década, inclusive antes do Estatuto do Desarmamento, também contribui para a redução dos homicídios. 

Com a entrega de quatro aeronaves, todas as regiões do interior passaram a dispor de pelo menos um helicóptero Águia da Polícia Militar, o que reforça o policiamento por terra, além de colaborar no resgate de feridos em acidentes e no transporte de órgãos para transplantes.

Investigação e prisões 

O Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado de São Paulo tornou-se referência em segurança pública para as policiais de todo o Brasil. Os índices de esclarecimentos atingiram 65,8%, em 2010. Em dez anos, os homicídios caíram 78% na capital do Estado. Chegar a esses números foi possível devido ao Plano de Combate aos Homicídios Dolosos, que envolve profunda investigação, ação policial mais rápida e intensa, e investimentos em inteligência e tecnologia.  

Bem preparadas e equipadas, as polícias paulistas prenderam 109 mil pessoas em 2010. Ao longo da década, a população carcerária do Estado aumentou de 55 mil para 172 mil.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. São Paulo tem queda recorde de homicídios
  2. Homicídios no Estado ficam 4 meses abaixo de 10/100 mil
  3. Goldman atribui menos homicídios ao uso da tecnologia
  4. Governo entrega 850 novas viaturas à Polícia Civil
  5. Vale do Paraíba renova frota de viaturas da Polícia Civil

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *