06
março
2013
23:37

Três veículos na mesma quadra param em frente a uma placa de proibido estacionar. Detalhe: sobre a calçada

Isso mesmo, uma cidade na qual as leis de trânsito estão banalizadas e as placas de sinalização nada significam! E a fiscalização há muito é ineficiente.

Na foto acima, um taxista, na hora do almoço, estacionou seu veículo sobre a calçada na alameda Santos, entre a alameda Joaquim Eugênio de Lima e a avenida Brigadeiro Luiz Antônio. E bem em frente a uma placa que proíbe parar e estacionar!

Tem o caso acima, dois carros. Foi na alameda Joaquim Eugênio de Lima esquina com a avenida Paulista. O motorista do veículo branco aguardava na calçada a abertura do portão da obra, e o motorista do veículo preto foi até a banca de jornais. Os dois estão em frente a uma placa de Proibido Estacionar!

A cada 10 minutos, andando pelas ruas da cidade, eu presencio uma infração de trânsito que não é penalizada! É uma sensação de que tudo pode. E quando um motorista é autuado, o mais comum de se ouvir é: “A CET é uma Indústria de Multas!”.

Continuo a afirmar que São Paulo é uma Indústria de Infrações! 6ª Economia Mundial com uma educação de terceiro-mundo!

Reclamações e sugestões podem ser encaminhadas ao marcelo@blogdocury.com.br.

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Flagrante do blog: Motorista prefere parar na calçada em vez de usar vaga em frente ao estabelecimento
  2. Flagrante do Blog: carro na calçada, prática já banalizada em São Paulo
  3. Caminhão usa calçada como estacionamento e deixa cratera pra trás
  4. Motorista de caminhão da prefeitura estaciona em frente a CET, em local proibido, e vai ao mercadinho fazer compras
  5. Funcionário da Protege estaciona na calçada no sentido exclusivo de ônibus e atrapalha os coletivos

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *