14
março
2011
20:29

Vereador Macena apresenta representação no MP para apurar irregularidade na inspeção veicular

Usuários de automóveis estão sendo obrigados a fazer e a pagar por mais de
duas vezes o processo de inspeção veicular devido irregularidades e
ilegalidades do procedimento. O proprietário paga o valor de R$ 61,98 para
passar pelo processo por até duas vezes, no período de 30 dias, com a
segunda reprovação o dono do automóvel é obrigado a pagar novamente a taxa.

O vereador Chico Macena entrou com uma representação no Ministério Público
sob o protocolo 0030080/11, para apurar as supostas irregularidades e
ilegalidades no procedimento de inspeção veicular adotados pela Prefeitura,
secretaria municipal do Verde e Meio Ambiente e a Controlar. Um dos
objetivos da representação é exigir que um relatório completo, com todos os
problemas apresentados no veículo, seja entregue ao proprietário do
automóvel antes do encerramento da inspeção. Este procedimento está
previsto no §3° do artigo 11 da portaria n° 129 de 2010, que regulamenta da
lei.

A regulamentação da lei prevê que o processo de inspeção veicular
compreenda a pré-inspeção visual, inspeção visual e mecânica e medição de
ruídos, nesta ordem. Porém, o que vem ocorrendo é que a inspeção está sendo
encerrada no momento que é encontrado o primeiro problema no automóvel, com
isso, o proprietário só faz a correção do que foi notificado, ou seja, como
não foi realizado o procedimento completo, na segunda inspeção pode ser
encontrado novos problemas.

“O único beneficiado por este procedimento, realizado de forma indevida, é
a prefeitura e a empresa responsável, que recebem novamente o valor da taxa
de inspeção veicular. Já o proprietário é prejudicado tanto pelo fato de
ter que pagar novamente, quanto por perder tempo de serviço, pois as
inspeções são realizadas em dias e horários úteis”, explica o vereador
Chico Macena.

www.chicomacena.com.br

Recomendo estes outros conteúdos:

  1. Projeto de Lei do Vereador Ricardo Teixeira (PSDB) prevê estacionamento grátis em shopping
  2. Garantia de seguro em estacionamentos para motos e bicicletas é lei e já está em vigor
  3. Lei proíbe cobrança de taxa do beijo em Juíz de Fora (MG)
  4. SPVIAS inicia atividades na Semana Nacional de Trânsito

Seu email nao sera divulgado.
Campos obrigatorios marcados com *